Conheça a história da cerveja

“Era um homem sábio aquele que inventou a cerveja.” (Platão).

Bebida que já caiu nas graças do gosto popular, a cerveja faz parte dos finais de semana de muitos brasileiros e brasileiras. Mas você sabe de onde surgiu a prática de produzir e beber cerveja? Se não, continue lendo este artigo e descubra.

Sumérios e a cerveja

Indícios mostram que a pratica de produzir cerveja iniciou-se na região da Mesopotâmia, aproximadamente há 6 mil pelos Sumérios. Todavia, cremos que a primeira cerveja tenha sido produzida por acidente.

Após o acidente e descoberta, na Suméria, cerca de 40% da produção de cereais eram destinados para fabricação de cerveja. A produção era feita principalmente por mulheres nas chamadas “casas de cerveja”. Logo após, os egípcios também aprenderam a arte da fabricação e carregaram essa herança para o milênio seguinte.Imagem relacionada

A cerveja é destaque

Como era muito relevante para os egípcios, a cerveja começa a refletir não só na existência de funcionários encarregados de produzi-la com qualidade e controle, mas também na produção de outros produtos e atividades relacionados a cerveja.

Hoje ainda, curiosamente, há alguns povos que vivem próximo ao Nilo que ainda a fabricam no estilo da era faraónica. Nessa época, além de servir como bem alimentar, a cerveja era usada também como remédio. Uma vez que um documento médico datado de 1600 a.C que descrevia 700 prescrições médicas, continha em 100 delas a palavra cerveja.

Resultado da imagem para cerveja da idade média

fonte: http://www.saintbier.com/historia-cerveja

Lúpulo é acrescentado na fórmula

Somente nos anos 1.000 que foi descoberto um ingrediente que combinava perfeitamente com a cevada: o lúpulo. Descoberto por monges, além de temperar e aumentar a complexidade e variedade da cerveja, o lúpulo ainda funciona como agente bactericida. Em seguida, por volta do ano 1.500 a bebida já fazia parte da cultura alemã, inglesa e holandesa.

Influência da Revolução Industrial na produção

Com a chegada da revolução industrial, a cerveja acaba passando por transformações no seu valor social. Como na Inglaterra não havia uma grande chegada da cevada, começaram a produzi-la. A cevada escura então se tornou o malte padrão dos ingleses, que dava origem a cervejas com alto teor alcoólico e fortes.

No entanto, foi só no século XVIII que o processo de fabricação foi elevado a escala industrial. Assim sendo, termômetros, hidrômetros, refrigeração e o processo de fermentação, proporcionaram um grande desenvolvimento do “pão líquido”. 

fonte: https://www.uppermag.com/historia-da-cerveja/

Contribuição de Louis Pasteur

Louis Paster, frânces nascido em 1822, foi o cara responsável por constatar que a levedura era quem faziam cervejas e vinhos azedarem. Ele então, solucionou este problema com um processo que deu origem a atual técnica de pasteurização de alimentos, e também da cerveja. 

A partir disso, foi criada um novo estilo de cerveja: a cerveja Pilsen. Ela é fabricada com baixa fermentação e maltes especiais produzidos em Pilsen. Sua primeira fabricação foi em 1842,  e deu origem ao estilo de cervejas límpidas e de cor clara.

Hoje em dia, a Pilsen não é o único estilo de cerveja fabricada e distribuída ao redor do mundo. Porém, o assunto sobre os diferentes estilos fica para um outro artigo.  

APRECIE COM MODERAÇÃO.

Resultado de imagem para cerveja hd